segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

A volta ¬¬'

Hoje já é Domingo , meu segundo dia de viagem , são 8:30 . Nesse momento estamos em algum lugar depois de Teixeira de Freitas e antes de São Mateus. O carro da frente acabou de cantar um pneu booooonito pra não passar no buraco. Nossa meu coração foi a mil !!! Meu pai então , tá trancando.
Resolvi escrever agora pro tempo passar mais rápido, se bem que a volta tá menos chata e cansativa do que a ida.
Ontem, saímos de lá 7h da manhã e a viagem foi mais rápida . Paramos em Itagimirim para dormir , mais ou menos às 20h e acordamos às 4h .
Voltando pro dia de hoje… minha irmã caçula vomitou no carro – tadinha dela e de mim que estava dormindo na hora e acordei com meu pai gritando “SUA IRMÃ TÁ VOMITANDO!!!” , aí peguei  a sacolinha e coloquei na boca dela , mas não adiantou muito não , ela já tinha me sujado . O banco e ela principalmente, ficaram sujos . Graças a Deus tinha bastante água no carro e deu pra ela quase tomar um banho. Só que isso já faz uma hora e o cheiro de nescau vomitado ainda está no carro!! Que cheiro insuportável … e não adiantou tacar perfume no carro , no banco e nela .


Então , passaram-se algumas horas , eu dormi no carro e acordei em Itaperuna , por volta das 19h . OMG ! Estava tudo alagado !!!!! O pior foi em Três Rios ... íamos passar por fora , mas voltamos e fomos por dentro , porque tinha um engarrafamento lá . Quando entramos e chegamos no trevo SURPRESA : Uma correnteza passando no caminho que a gente tinha que passar . Nesse vai ou não vai , ficamos parados por quase uma hora - e já eram meia-noite - num lugar mais alto , quando meu pai aparece com a notícia de que tinha um cara lá que conhecia outro lugar pra passar . E fomos . Depois de parecer andar em círculos , chegamos a rodovia e seguimos caminho .
Cheguei bem - e cansada - em casa às 2h da manhã mais ou menos .
Só pra fazer um aparte : é tão triste ver esse estado das cidades , alagadas , "caindo aos pedaços" ... meia-noite e gente do lado de fora tirando lama de dentro de casa ... às vezes eu me pergunto quando isso vai acabar :/

Nenhum comentário:

Postar um comentário